Fórum Nacional da Justiça Juvenil


 

DIRETORIA

Presidente: Juiz do TJGO Carlos José Limongi Sterse 

Vice-Presidente: Desa. do TJMG Valéria da Silva Rodrigues

Primeiro Secretário: Juiz do TJMS Eguiliell Ricardo da Silva

Segunda Secretária: Juíza do TJRJ Vanessa Cavalieri Felix 

MISSÃO

PALAVRAS DO PRESIDENTE

REGIMENTO INTERNO

ATO DE CONSTITUIÇÃO

GALERIA DE FOTOS

AGENDA:

 ATAS:

I Fonajuv, Brasília-DF, 2008: Ata   / II Fonajuv, Brasília-DF, 2009: Ata / III Fonajuv, Brasília-DF, 2009: Ata 

IV Fonajuv, Brasília-DF, 2009: Ata / V Fonajuv, Brasília-DF, 2009/ VI Fonajuv  

VII Fonajuv / VIII Fonajuv /IX Fonajuv, Florianópolis, 2012

X Fonajuv, João Pessoa-PB, 2012 / XI Fonajuv, Rio de Janeiro-RJ, 2012 / XII Fonajuv, Campo Grande-MS, 2012

XIII Fonajuv, Vitória-ES, 2013: Carta de Vitória / XIV Fonajuv, Brasília-DF, 2013: Ata / XV Fonajuv, Aracaju-SE, 2014: Ata 

XVI Fonajuv, Porto Alegre-RS, 2014: Ata / XVII Fonajuv, São Paulo-SP, 2015: Ata  / XVIII Fonajuv, Florianópolis-SC, 2016: Ata

XIX Fonajuv, Pirenópolis-GO, 2017 Ata /XX Fonajuv, Maceió, 2017 AtaXXI Fonajuv, Cuiabá-MT, 2017: Ata 

XXII Fonajuv, Vitória, 2018: Ata /XXIII Fonajuv, Campo Grande, 2018: Ata

ENUNCIADOS

ÚLTIMO ENCONTRO

XXIII Fonajuv

12 e 13/11/2018, Campo Grande-MS - Magistrados atuantes na área infracional e de medidas socioeducativas se reuniram nas dependências do Grand Park Hotel em Campo Grande (MS). O evento foi realizado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul, em parceria com a Associação Brasileira do Magistrados da Infância e da Juventude (Abraminj), reuniu magistrados de todo o país. Representado a Abraminj esteve presente o presidente, Des. José Antônio Daltoé Cezar. 

O Fórum contou com a apresetnação do Projeto "Força no Esporte", comandado pelo Exército de Campo Grande (MS), além de painéis de discussão onde foram explanados assuntos relevantes para a temática da infãncia e juventude, como:  a maioridade penal, o andamento do Projeto de Lei de alteração do ECA quanto ao sistema socioeducativo; o monitoramento eletrônico de adolescentes em conflito com a lei: possibilidades, pressupostos, requisitos e durabilidade; a unificação da medida de prestação de serviços à comunidade; e a antecipação cautelar de prova por meio do depoimento especial, nos procedimentos infracionais. No encontro também foram criadas a comissão técnica científica, a comissão legislativa e a comissão de boas práticas, com o intuito de tratar de temas relevantes para a área infracional. 

 CONTATO

 E-mail: ffonajuv@gmail.com 


SHN Qd 05, Bloco I, Sobreloja 1, Hotel Mercure Líder, Asa Norte, Brasília/DF, CEP: 70.705-912 - secretaria.abraminj@gmail.com - Telefones: (61) 3877-7477 e (61) 98347-0048

Desenvolvido por VKT Brasil