Juízes do TJES participam do Fórum Nacional da Justiça Protetiva

25 Mai 2017

Por: TJES

A terceira edição do Fórum Nacional da Justiça Protetiva (Fonajup) acontece, quinta e sexta-feira (25 e 26/05), no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). No encontro, juízes de todo o país compartilham experiências, desafios e soluções para a área da infância e juventude.

As Magistradas Morgana Dario Emerick, Janete Pantaleão Alves e Patrícia Pereira Neves; e o coordenador das Varas da Infância e da Juventude, Juiz Vladson Couto Bittencourt, representam o Poder Judiciário do Espírito Santo no evento.

O Juiz Vladson Couto Bittencourt, coordenador das Varas da Infância e da Juventude, explicou que o grande objetivo do Fórum é a troca de experiências de juízes do Brasil inteiro, “nesse caso específico, que trabalham com a questão cível e protetiva envolvendo adoção, guarda, destituição do poder familiar e outras questões ligadas à área protetiva.”

Para a Juíza Morgana Emerick, vice-presidente do Fonajup, “o fórum da infância na área protetiva é um espaço novo que ainda completará um ano de vida no próximo mês de junho, mas já mostra de maneira cristalina sua vocação para o pensar em medidas que atendam com ampla efetividade as questões da infância, dentro desse mundo globalizado e de novas constituições familiares. Nesse caminhar, juízes de infância de todo país mantém-se conectados pelas redes sociais e encontram-se regularmente para discutir as práticas protetivas”.

O fórum é realizado com o apoio da Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude (ABRAMINJ), da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Nesta sexta-feira (26), os trabalhos terão início às 9 horas, com a participação do Corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha. Em seguida, serão ministradas palestras sobre adoção, e o Cadastro Nacional de Adoção será apresentado pelo Conselho Nacional de Justiça. O Fonajup pode ser acompanhado ao vivo por meio do link: http://www.emerj.tjrj.jus.br/aovivo/fonajup/fonajup.html