Dia Mundial da Criança #CriançasNoControle

20 Nov 2017

Por: Unicef - Brasil
Foto: Unicef

No Dia Mundial da Criança, 20 de novembro, meninas e meninos em todo o mundo unem-se para ajudar a salvar a vida das crianças e dos adolescentes, lutar por seus direitos e ajudá-los a alcançar seu potencial. A ação deste ano, batizada no Brasil como #CriançasNoControle, tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade sobre a importância da participação de meninas e meninos nas decisões que afetam sua vida.

Todos os dias, em todo o mundo, quase 16 mil crianças com menos de 5 anos morrem sem necessidade de doenças evitáveis. Milhões de meninos e meninas estão fora da escola. Centenas de milhões de crianças e adolescentes são afetados por violência, pobreza, conflitos ou crise.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo UNICEF em 14 países com mais de 11 mil meninas e meninos entre 9 e 18 anos, as crianças e os adolescentes se sentem muito preocupados com questões globais que afetam seus pares e eles mesmos, incluindo violência, terrorismo, conflitos/guerras, tratamento injusto de refugiados e migrantes e pobreza.

No Brasil, 66% dos meninos e meninas entrevistados pelo UNICEF acham que suas opiniões não são ouvidas de forma alguma ou não têm nenhum impacto sobre as decisões tomadas em prol da infância e da adolescência e 95% acreditam que o mundo seria um lugar melhor se os líderes globais ouvissem as crianças e os adolescentes.

Neste 20 de novembro – aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança –, as crianças e os adolescentes vão manifestar sua solidariedade com as meninas e os meninos mais desfavorecidos e vulneráveis do mundo.

É um dia divertido, com uma mensagem séria, no qual as crianças e os adolescentes assumem papéis de alta visibilidade na mídia, na política, nos negócios, no esporte e no entretenimento para colocar um holofote nos desafios mais prementes enfrentados pela geração.

No Brasil, as ações do Dia Mundial da Criança 2017 contam com a participação de prefeitos, secretários municipais, promotores e, sobretudo, de crianças e adolescentes. As ações serão realizadas nas cidades de Brasília, de Fortaleza, Maceió, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo e Vitória.

Meninos e meninas também assumirão o controle de alguns meios de comunicação. Nesta segunda-feira, seis adolescentes vão co-apresentar o programa No Ar, do Otaviano Costa, na Rádio Globo do Rio de Janeiro. Eles comentarão e darão sua opinião sobre os assuntos em debate na programação. Em Brasília, três adolescentes assumirão as redes sociais do UNICEF no Brasil.

Ainda como parte do Dia Mundial da Criança 2017 #CriançasNoControle, oito estudantes de uma escola de ensino fundamental de São Paulo assumiram o controle da Mauricio de Sousa Produções em outubro. Celebrando também o 10º aniversário da personagem Mônica como embaixadora do UNICEF no Brasil, eles conheceram a estrutura do estúdio e todo o processo de produção das historinhas da Turma da Mônica, e tiveram uma aula especial com o próprio Mauricio de Sousa. E ao final, sentaram-se com o roteirista e desenvolveram esta tirinha que foi publicada nos canais digitais do UNICEF no último dia 6 de novembro.

O UNICEF espera que o Dia Mundial da Criança 2017 inspire governos, empresas e comunidades em todo o mundo a ouvir as crianças e os adolescentes e a incorporar as opiniões de meninos e meninas nos processos de tomada de decisão em prol da infância e da adolescência – um direito garantido pela Convenção sobre os Direitos da Criança em seu artigo 12.

#WorldChildrensDay não é apenas uma hashtag: é um apelo à ação para as crianças e os adolescentes, feito por crianças e adolescentes...

... Porque, se conseguirmos assegurar os direitos previstos na Convenção, todos os dias serão o Dia Mundial da Criança.

Assista aqui vídeo completo.