SP: Iniciativa promove inserção de adolescentes em conflito com a lei no mercado de trabalho

22 Nov 2017

Por: CNJ
Foto: TJSP

Iniciativa do Poder Judiciário e do Ministério Público, em parceria com os municípios de Tabapuã, Catiguá e Novais, e a Usina São Domingos, em São Paulo, o programa “Jovens Aprendizes” tem por objetivo a inserção de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas (prestação de serviços à comunidade e liberdade assistida), e em situação de vulnerabilidade social, assistidos pelas Secretarias Municipais de Assistência Social, no mercado de trabalho, por meio de cursos oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Atualmente, 16 adolescentes estão realizando curso de Mecânica de Automóveis Leves, e estão registrados como jovens aprendizes na Usina São Domingos, recebendo bolsa-auxílio de R$ 538. 

O curso é realizado em São José do Rio Preto, de segunda a sexta-feira, das 13 às 17 horas, e é disponibilizado transporte gratuito aos alunos, que tiveram que preencher os seguintes requisitos para participar da iniciativa: possuir o ensino fundamental; idade mínima de 14 anos; e assiduidade à escola regular e ao próprio curso.

 Para o mês de janeiro de 2018, estão asseguradas 29 vagas para novos adolescentes, já aprovados no processo seletivo para os cursos de Mecânica de Usinagem e Eletricista de Manutenção.

Os cursos têm duração de dois anos, com possibilidade de contratação dos adolescentes após o término da realização da profissionalização.