Abraminj prestigia posse da nova gestão da AJURIS

01 Fev 2018

Por: Abraminj com informações do Departamento de Comunicação Imprensa AJURIS

Nesta quinta-feira (1º/2), na cidade de Porto Alegre (RS), o presidente e o primeiro vice-presidente da Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude - Abraminj, juiz Renato Rodovalho Scussel (TJDFT) e desembargador José Antônio Daltoé Cézar, respectivamente, prestigiaram a posse da juíza Vera Deboni (TJRS), que assumiu a presidência da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul – Ajuris para comandar a entidade no biênio de 2018/2019, sucedendo o magistrado Gilberto Schäfer.

Em nome da Abraminj, Scussel ressaltou a importância para a afirmação dos direitos da infância e da juventude em ter uma experiente e reconhecida autoridade nessa seara, como a juíza Vera Deboni, no comando de uma das maiores entidades associativas de magistrados do País.

Ao transmitir a gestão à juíza Vera Deboni, o antecessor Gilberto Schäfer disse que acompanhou a postura da magistrada perante a associação e elogiou a sua capacidade de liderança e de construção de alternativas durante a discussões nas reuniões associativas. “Vera é uma expoente na área da infância e juventude e vai avançar nesta política”, asseverou.

Gratidão e compromisso

Em seu discurso de posse, aberto com uma citação do escritor José Saramago sobre a responsabilidade, a nova presidente falou da vocação da AJURIS na defesa da democracia e dos muitos nomes que ajudaram a construir sua história, em especial o seu antecessor, Gilberto Schafer. ''Dever de respeito e gratidão impõe citação especial ao colega que hoje se despede. O Gilberto foi um comandante exemplar da magistratura gaúcha. Culto, ponderado e de um impecável agir democrático, terá seu nome marcado na história da AJURIS como um verdadeiro líder, lutador e agregador”, disse a magistrada. Vera Deboni também ressaltou o trabalho dos demais vice-presidentes e diretores que estão se despedindo da gestão.

Vera Deboni também discorreu sobre o compromisso da busca por um Judiciário forte que tem, como consequência, uma sociedade mais segura. “Como melhorar os meios para o alcance do bem-estar social é o principal desafio que devem ter os administradores públicos e as lideranças em geral. Isso é responsabilidade de todos e, com ênfase, da AJURIS’’, afirmou a presidente.

Sobre Vera Deboni

Juíza da Infância e Juventude nas duas últimas décadas, Vera chega ao cargo 12 anos depois da ascensão da primeira representante feminina, Denise Oliveira Cezar, que presidiu a associação dos magistrados estaduais gaúchos no período 2006/07 – 62 anos após a fundação da entidade, em 1944.

Vera, de 57 anos, é natural de Chapecó (SC) e formou-se em Direito, em 1984, pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Foi pretora entre 1987 e 1990, quando assumiu como juíza de Direito. Jurisdicionou as Comarcas de Tupanciretã (pretora), Santo Ângelo, Três de Maio, Santa Maria e Porto Alegre. Durante dez anos, atuou como professora universitária e atualmente integra o corpo docente da Escola da Ajuris.

Na Ajuris, além do atual cargo de vice-presidente Administrativa, já foi vice-presidente Cultural, diretora da Sede Campestre, presidente do Conselho Deliberativo e diretora do Departamento de Coordenação de Processos Judiciais. A magistrada também foi juíza auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tendo atuado no programa Justiça ao Jovem. Durante dez anos foi professora universitária e atualmente integra o corpo docente da Escola da Ajuris.

Gestão Ajuris

A diretoria Executiva colegiado é composta por Orlando Faccini Neto (vice-presidente Administrativo), Cristiano Vilhalba Flores (vice-presidente de Patrimônio e Finanças), Madgéli Frantz Machado (vice-presidente Cultural), Patrícia Antunes Laydner (vice-presidente Social) e Felipe Rauen Filho (vice-presidente de Aposentados). A última pasta foi criada para a gestão que se inicia.