Comissão especial debate enfrentamento ao homicídio de jovens no Brasil

07 Mar 2018

Por: Agência Câmara de notícias.
Foto: Agência Câmara de Notícias

A Comissão Especial de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens (PL 2438/15) realiza uma audiência pública nesta tarde. O debate foi proposto pelo presidente do colegiado, deputado Reginaldo Lopes (PT-MG).

Foram convidados para discutir o assunto a administradora-executiva da fundação Abrinq, Heloísa Helena Silva de Oliveira; o doutor em sociologia e coordenador do Cenro de Estudos e Pesquisa em Segurança Pública da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Luis Flávio Sapori; e a professora da Universidade Federal Fluminense Jaqueline Muniz.

O projeto em análise no colegiado, que cria o Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens, é um dos resultados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência contra Jovens Negros e Pobres, que funcionou na Câmara em 2015. O plano tem cinco metas que devem ser cumpridas nos próximos dez anos, sendo que a principal é a redução das mortes de jovens.

A audiência está marcada para as 14h30, no plenário 13.