Abraminj convoca associados para assembleia geral em 11 de junho

06 Abr 2018

Por: Abraminj

Neste dia 6 de abril, sexta-feira, a Diretoria da Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude – Abraminj convoca por edital os associados para participarem da assembleia geral, a ser realizada no dia 11 de junho, às 17h, em Brasília, no Hotel Mercure Líder, onde se situa a sede da AssociaçãoClique aqui para ler o edital. Na oportunidade, haverá prestação de contas do biênio e eleição dos componentes da diretoria da próxima gestão.

XXVI Congresso da Abraminj

A reunião da Associação integrará o XXVI Congresso da Abraminj, que acontece nos dias 11 e 12 de junho (segunda e terça), nos turnos matutino e vespertino. O encontro conta com a presença do psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Augusto Cury e indiano Kailash Satyarthi, prêmio Nobel da Paz de 2014. Outras presenças de expressão estão sendo confirmadas. Haverá tradução simultânea durante a conferência de Kailash.

A inscrição e a programação estarão disponíveis em breve no site e no aplicativo da Abraminj. As vagas são limitadas e os associados já podem se programar para o período. A Abraminj está negociando tarifas especiais aos magistrados para hospedagem no Hotel Mercure Líder, onde acontecerá o evento.

Kailash Satyarthi

Formado em engenharia elétrica, o indiano Kailash Satyarthi abandonou a carreira aos 26 anos para lutar contra o trabalho infantil. Para isso, fundou a ONG Bachpan Bachao Andolan (Movimento para Salvar a Infância) em 1980. Desde que foi criada, a instituição já libertou mais de 80 mil crianças de diversas formas de escravidão e ajudou na reintegração, reabilitação e educação delas. Por essa iniciativa, ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 2014, ao lado da ativista paquistanesa Malala Yousafzai, que na época tinha 17 anos.

Augusto Cury

Dr. Augusto Cury é médico psiquiatra, psicoterapeuta, pesquisador e escritor. Estágio no Centre Medical Marmottan – Paris/França. Cursou créditos stricto sensu na Espanha em ciências da educação e na PUC de São Paulo em psicologia social.  Sua teoria foi usada em pós-graduação, lato sensu em faculdades como a UniFil. Ao longo de 30 anos de carreira, atuando como psiquiatra, pesquisador e escritor, o Dr. Augusto Cury alcançou o reconhecimento nacional e internacional, tornando-se o autor mais lido da última década, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo, revistas Veja e IstoÉ. Seus livros são publicados em mais de 70 países e já vendeu mais de 25 milhões de livros somente no Brasil.