Amparando filhos: mães e filhos têm 2º encontro em prisão goiana

04 Jul 2018

Por: CNJ
Foto: CNJ

Ocorreu, no último domingo 24, a segunda edição da Visita Humanizada do Programa Amparando Filhos no Presídio Feminino Consuelo Nasser. Estiveram presentes mais de 20 filhos das reeducandas que cumprem pena na unidade prisional e são acompanhados pelo projeto na comarca de Goiânia. O evento foi animado pelas apresentações de teatro e dança junina, organizadas pelas próprias reeducandas. Elas criaram o roteiro, ensaiaram e prepararam o figurino, tornando um dia alegre e festivo para o convívio familiar.

O evento foi organizado pela equipe do Programa Amparando Filhos do Juizado de Infância e Juventude e contou com ajuda de apoiadores, que forneceram comidas típicas como canjica, pipoca, paçoca, bolos e caldos de frango e de feijão, além de refrigerantes.
O evento também contou com a presença das magistradas Maria Socorro de Sousa Afonso da Silva, subcoordenadora do Programa Amparando Filhos em Goiânia e diretora do Foro de Goiânia, e da juíza auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Maria Cristina Costa, que aprovaram os trabalhos realizados e conversaram ativamente com as reeducandas e familiares.