Desembargador Liborni Siqueira, Ex-Presidente da ABRAMINJ, morre aos 84 anos

13 Mai 2019

Por: AMAERJ
Foto: AMAERJ

A AMAERJ informa, com grande pesar, a morte do desembargador aposentado Liborni Bernardino Siqueira, neste domingo (12/05). Ex-presidente da Abraminj (Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude), o magistrado tinha 84 anos.

A ABRAMINJ enquanto parte da história do desembargador Liborni Siqueira  lamenta veementemente seu falecimento. 

O sepultamento acontece nesta segunda-feira (13/05), às 16h, na Capela 1 do Memorial do Carmo, no Caju (Rua Monsenhor Manoel Gomes, 287, Rio de Janeiro).

Nascido em Bonsucesso, Liborni Siqueira formou-se em Direito pela Universidade Candido Mendes, em 1958. Nove anos depois, ingressou na carreira do Ministério Público do Estado do Espírito Santo. Em 1970, foi aprovado no concurso para a magistratura do Estado do Rio de Janeiro. Ele atuou nas comarcas de Paraty, Engenheiro Paulo de Frontin, Duque de Caxias e da Capital.

Liborni Siqueira presidiu a Abraminj de 1979 a 1981. Ele atuou como juiz de Direito do Tribunal de Alçada Criminal e, em 1998, foi promovido a desembargador pelo critério de antiguidade. Aposentou-se em 2004. O magistrado recebeu a Medalha de Honra da Magistratura Fluminense em 2008.

Ele também foi professor de Sociologia e Estudos de Problemas Brasileiros, escritor e poeta. Integrou as Academias de Letras Carioca, Guanabarina, Duquecaxiense e Brasileira de Ciências Econômicas, Políticas e Sociais. Publicou inúmeros livros e artigos, especialmente na área do Direito de Família e da Infância.