Amor, carinho e cuidado: é o que espera Layane de uma família adotiva

14 Mai 2019

Por: TJDFT
Foto: TJDFT

A jovem integra o projeto Em Busca de um Lar, que incentiva a adoção tardia e fora do perfil majoritário dos requerentes

Bastante ativa, aos 13 anos Layane gosta de dançar e cantar, além de praticar esportes. Outro gosto é pela cozinha. Cheia de sonhos, ela pensa em, quem sabe um dia, ter uma fábrica de doces. A psicóloga Adriana Rabelo, da instituição de acolhimento Luz e Cura, onde Layane vive hoje, a descreve como uma menina bastante espontânea. E é desse modo que a jovem descreve como gostaria que fosse sua família: "Que me desse amor, carinho e cuidado".

Para conectar o afeto sonhado por Layane com o daqueles que querem dar afeto a um filho por meio da adoção, nasceu o projeto Em Busca de um Lar. A iniciativa da Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal (VIJ/DF) dá visibilidade a crianças e adolescentes de unidades de acolhimento do DF cujo desejo é integrar uma família, mas que não correspondem ao perfil da maioria dos pretendentes a adoção – em razão da idade, por fazerem parte de grupos de irmãos ou por terem problemas de saúde.

Hoje há cerca de 130 crianças e adolescentes aguardando para serem adotados em instituições de acolhimento do DF e 543 famílias habilitadas no cadastro local. Saiba mais sobre o projeto aqui.

Clique na imagem para assistir ao vídeo e conhecer melhor a Layane. Acompanhe a página e as redes sociais do projeto e descubra também a história de outras crianças e adolescentes: Em Busca de um Lar Página Facebook | Youtube.  

Clique aqui e assista o vídeo completo.