STJ sedia exposição fotográfica sobre a vida de crianças na periferia de Brasília

08 Out 2019

Por: STJ
Foto: Coletivo da cidade

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) sedia a mostra fotográfica A infância é coletiva, de Niklas Stephan. A exposição, que está aberta à visitação pública até a próxima quinta-feira (10), retrata a realidade das crianças que vivem na Estrutural, comunidade pobre na periferia de Brasília formada a partir de uma aglomeração de barracos de catadores de lixo.

A atividade faz parte dos eventos em comemoração aos 30 anos do STJ. As fotos estão expostas no primeiro andar do tribunal, entre os Edifícios Ministros I e II.

"Um dos objetivos desta exposição é dar luz à realidade das crianças que vivem na Estrutural e ao trabalho que o Coletivo da Cidade faz, no sentido de garantir um espaço seguro, no qual as crianças podem ser crianças com os seus direitos assegurados" explicou o fotógrafo Niklas Stephan.

Transformação ​​​social

A exposição é promovida pela Secretaria de Serviços Integrados de Saúde do STJ, em parceria com a Escola Corporativa do tribunal, a Assessoria de Gestão Socioambiental e a Secretaria de Gestão de Pessoas. O Coletivo da Cidade – espaço de convivência e capacitação profissional, na cidade Estrutural, coordenado por Coracy Coelho – também foi responsável pelo evento.

Coleti​vo da Cidade prioriza o atendimento de crianças e adolescentes no contraturno escolar, disponibilizando opções artísticas e educativas como meio de transformação social. A organização também promove um espaço de convivência comunitária e capacitação profissional para os moradores da Estrutural.

Saiba mais sobre eventos que acontecem no STJ.